GULA

Acordei com uma sensação esquisita. É como se fosse um vazio, bem no peito. Um desconforto torácico. Mas não é um vazio completo, daqueles que não te deixa nem sair da cama ou te trava o riso. É um buraco. Um buraco até que fundo e um pouco dolorido, que por vezes atrapalha a respiração. O ar não flui. É uma obstrução.

Não sonhei com você nestes últimos dias. Estranho, já que era algo recorrente.  Estava acostumada a te encontrar de madrugada e ficava ansiosa antes de dormir, torcendo para que o sonho fosse bom. Sempre era.Também não nos falamos, não nos ouvimos, não nos olhamos, não nos tocamos e, principalmente, não nos sentimos nos últimos dias. Talvez seja isso que tenha aberto o buraco.

Eu não deveria, mas já me acostumei com estes buracos que aparecem de vez em quando. Também sei muito bem a origem deles: acontece quando não há equilíbrio. Eu entreguei mais. Eu mergulhei mais. Eu me arrisquei mais. Isso não significa que a outra parte não tenha me dado tudo. Mas eu me excedi. E o meu excesso vem em forma de buraco no peito. E este excesso é puro reflexo da minha intensidade e da minha imaginação sensitiva.

E sim, eu sei que passa. Sim, sei que vai cicatrizar. O buraco vai fechar e, ali, só vai ficar uma marquinha para que eu lembre do que passei. Todos nós conhecemos este ciclo e colecionamos nossas marquinhas. E temos a mania, a inocência e a ignorância de achar que “desta vez vai ser diferente”. E, quando menos percebemos, lá estamos nós na mesmice morna e tediosa.

E agora estou naquele momento de súbito cansaço: é como se eu estivesse acabado de fazer uma refeição, daquelas em que coloca-se no prato tudo o que gosta. Você mata a fome, mata a necessidade de comer. Depois, repete. Come mais um pouquinho, já que está muito bom e tudo o que você mais gosta está bem ali na sua frente. E come mais. Mesmo que já esteja entupida.

E então você se farta. Já teve tudo. Não quer mais nada. Gula. Pura gula. E eu aqui, sempre pecando pelo excesso.

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s